Paolla Oliveira vai à delegacia após falso vídeo pornô atribuído a ela

Paolla Oliveira vai registrar um Boletim de Ocorrência por calúnia e difamação na Delegacia de Crimes de Informática, na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, Zona Norte do Rio, após um vídeo pornográfico atribuído a ela começar a circular em grupos de WhatsApp.

De acordo com a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, as imagens mostram a atriz pornô Verônica Radke, que teria semelhanças com a intérprete de Vivi Guedes em “A Dona do Pedaço”. O advogado da artista, Ricardo Brajterman, afirmou à publicação que o ângulo no qual as imagens são exibidas dá a impressão de que se trata da sua cliente.

“A Paolla tem tatuagens pelo corpo, essa mulher, não. Como sabemos que não é a Paolla e que é uma prática difamando, vamos à delegacia abrir um procedimento criminal e estaremos notificando o ‘X-Vídeos’ para que retire imediatamente as imagens do ar. Paralelo a isso, vamos atrás do homem que narra o vídeo afirmando ser a Paolla nas imagens”, justificou à publicação.

Brajterman disse que a prática de atribuírem vídeos pornôs a pessoas famosas é muito comum em sites especializados em conteúdo pornográfico. “Se você for no XVídeos e digitar Paolla Oliveira aparecem 30 vídeos. São trechos de alguns vídeos de atrizes que, nos ângulos recortados, acabam ficando parecidas com a Paolla”, explicou ele. Dentre as celebridades que também sofreram com situações parecidas estão Monica Iozzi e Cleo Pires.

03/07/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)