Falso: Luciano Huck não é sócio do Porta dos Fundos

Desde o dia 24 de dezembro, circula imagens e artigos, compartilhados nas redes sociais mais de 2,2 mil vezes que afirma que o apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, é um dos sócios do Porta dos Fundos.

O grupo cria produções de humor sobre vários temas e se tornou alvo de um atentado neste mês por conta do especial de Natal.Isso porque neste mês, eles lançaram na serviço de streaming da Netflix o filme “A Primeira Tentação de Cristo”, que é uma paródia bíblica na qual retrata Jesus como gay, e teve até uma tentativa de boicote à plataforma.

No dia 24 de dezembro, o imóvel que é a sede da produtora foi atacado com dois coquetéis molotov. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Na verdade, em 2017 a Joá Investimentos, que teria o apresentador como dono, deixou de compor o quadro societário quando o Porta dos Fundos teve 51% de suas ações vendidas para a Viacom.

“Luciano Huck é sócio do Porta dos Fundos”, diz o título da informação viralizada. Ao longo do texto, é mencionado que ele tem uma empresa que, por sua vez, possuiu ações do Porta dos Fundos: “Sim, isso mesmo. Luciano Huck é dono da Joá Investimentos, que possuiu uma fatia do Porta dos Fundos”.

Em pesquisa no site da Receita Federal através do CNPJ da empresa em questão, o chamado Quadro de Sócios e Administradores (QSA) é composto por outras quatro pessoas além de Luciano Huck.

Entretanto, o quadro de sócios do Porta dos Fundos no portal da Receita Federal não mostra a Joá Investimentos, e sim o nome de duas mulheres, sendo que o de uma delas, Carla Faria Westphal consta nos sócios da Viacom Brasil, que em 2017 se tornou acionista majoritária do Porta dos Fundos.

31/12/2019

(Visited 4 times, 1 visits today)