Apple perde a vice-liderança do mercado de smartphones

A Applejá não ocupa mais o segundo lugar entre as principais fabricantes de smartphonesdo planeta. O posto agora é da Huawei. Em 2019, a companhia chinesa vendeu 240,6 milhões de aparelhos contra um comércio global de 198,1 milhões de iPhones no período.

De acordo com dados das consultorias Canalys, Strategy Analytics e Counterpoint Research, a Huawei cresceu 17% no ano passado e aumentou sua participação de mercado de 14,8% para 17,6%. A companhia da maçã, por sua vez, teve resultado 7% menor e perdeu mercado. Tem agora apenas 14,5% das vendas totais.

A disputa entre as duas gigantes é antiga e se intensificou a partir de 2017, quando a Huawei ultrapassou a Apple nos meses de junho e julho. Em 2018, nova vitória. Dessa vez, as vendas do segundo trimestre foram melhores para a empresa da China. O cenário de 2019 era previsível.

Liderança e queda

O primeiro lugar continua com a Samsung. A companhia sul-coreana vendeu 298,1 milhões de unidades no ano passado, 21,8% do total de aparelhos vendidos em todo o planeta. Em comparação com 2018, houve crescimento de 2% no volume comercializado e o market share aumentou 0,7%.

A top 5 é completado por outras duas empresas chinesas: Xiaomie Oppo. A primeira vendeu 120,2 milhões de celulares, 9,2% do total; enquanto a segunda comercializou 125,5 milhões de aparelhos, montante que representa uma fatia de 8,8% das vendas globais. Ambas cresceram a um percentual de 4%.

Outras marcas como LG, Sony, Motorola responderam por 28,1% do comércio total de smartphones. Esse percentual era de 31,8% em 2018. As vendas caíram 13% e somaram 384,3 milhões de unidades.

Vale destacar ainda que houve queda nas vendas do setor como um todo. Segundo o estudo, o mercado encolheu 2% no ano passado com 1,36 bilhão de aparelhos vendidos. Em 2018, quase 1,39 bilhão de dispositivos saíram das lojas.

31/01/2020

(Visited 2 times, 1 visits today)